Obrigação Escolar na Suíça: Deveríamos seguir o exemplo.

Suíça

A Suíça é conhecida como Confederação Helvética, por isso CH no seu domínio. Como é um país que foi originado da França, a sua moeda é chamada de Franco-Suíço (CHF). Fundado em 01 de agosto de 1291, com seus quatro idiomas nacionais, a Suíça é um país oficialmente multilíngue. Ela é organizada de acordo com um sistema federalista. Os cantões e o governo comum financiaram 90% dos gastos com educação pelos poderes públicos. Por isso o sistema educacional suíço é um dos mais reconhecidos e admirados do mundo, por sua qualidade, eficiência e flexibilidade.

Escolaridade Obrigatória na Suíça – Níveis: Primário e Secundário

Ele destaca-se por oferecer diferentes opções de formação para os estudantes, que podem escolher entre um percurso acadêmico ou profissionalizante, de acordo com seus interesses e objetivos. Além disso, o sistema é altamente descentralizado e adaptado às características e necessidades de cada região, respeitando a diversidade linguística e cultural do país.

O sistema educacional baseia-se em alguns princípios fundamentais que garantem sua excelência e diversidade. Entre eles, podemos citar:

  • A autonomia dos cantões e das comunas na organização e na gestão das instituições educacionais, que permite uma maior proximidade com a realidade de cada local e uma maior participação dos envolvidos no processo educativo.
  • A valorização da formação profissional, que representa cerca de dois terços dos estudantes do nível secundário superior, e que combina a teoria das aulas com a prática no trabalho, seguindo o modelo dual da formação profissional suíça.
  • A permeabilidade entre os diferentes tipos de formação, que possibilita aos estudantes mudarem de percurso ou complementarem sua formação ao longo da vida, de acordo com seus objetivos e oportunidades.
  • A cooperação entre os diferentes níveis e setores da educação, que promove a articulação e a harmonização dos currículos, dos padrões de qualidade e dos diplomas, bem como o intercâmbio e a mobilidade dos estudantes e dos professores.
  • A integração da educação com a pesquisa e a inovação, que estimula a produção e a difusão do conhecimento científico e tecnológico, e que contribui para o desenvolvimento econômico e social do país.

Escolaridade obrigatória:

Já sabemos que a Suíça é um país que se orgulha de ter um dos melhores sistemas educacionais do mundo, que oferece diferentes opções de formação para os estudantes, de acordo com seus interesses, aptidões e objetivos. Um dos pilares desse sistema é a escolaridade obrigatória, que compreende o nível primário e o nível secundário I, e que tem a duração de 11 anos, normalmente dos 4 aos 15 anos de idade. Este sistema é gratuito e aberta a todas as crianças, independentemente de sua origem, gênero, religião ou condição social.

A Constituição Federal estabelece que a escolaridade obrigatória é da competência dos cantões e das comunas, que são responsáveis pela organização e pela gestão das instituições educacionais, bem como pela definição dos currículos, dos métodos de ensino e dos critérios de avaliação. Isso significa que existem 26 diferentes sistemas de ensino, dependendo do cantão, o que reflete a diversidade linguística e cultural do país.

No entanto, a Constituição Federal também estabelece que os cantões devem harmonizar os principais objetivos e estruturas da escolaridade obrigatória, para garantir a qualidade e a equidade da educação, bem como a mobilidade e a permeabilidade entre os diferentes tipos de formação. Para isso, a maioria dos cantões aderiu a um acordo Inter cantonal para a harmonização do ensino obrigatório. em francês (Harmonisation de la scolarité obligatoire) – (HarmoS), que entrou em vigor em 2009, e que define normas comuns sobre a duração, o início e o fim da escolaridade obrigatória, o ensino de línguas, a promoção precoce e o apoio pedagógico.

A escolaridade obrigatória na Suíça é composta por dois níveis:

O nível primário começa, normalmente, com dois anos de duração do ensino pré-escolar, frequentado a partir dos quatro anos de idade. Nos anos seguintes da escola primária, as crianças aprendem a ler, escrever e a fazer contas, e adquirem conhecimentos básicos em duas línguas estrangeiras (normalmente um idioma nacional e inglês), geografia, história, desenho e música entre outros. Temas como desenvolvimento sustentável ou cidadania estão integrados nas restantes disciplinas.

O nível secundário I segue-se ao nível primário, para o qual as crianças mudam com aproximadamente 12 anos de idade. A passagem para este nível é feita por uma avaliação de desempenho, que determina o grau de exigência no nível secundário I. Geralmente são três anos de duração do nível secundário I, o foco é no desenvolvimento e na formação da personalidade dos jovens. Eles aprendem a assumir a responsabilidade, a demonstrar iniciativa, a reconhecer e a resolver problemas, a lidar com conflitos e a trabalhar individualmente e em equipe. Além disso, são também preparados para o nível secundário II, onde podem escolher entre um percurso acadêmico ou profissionalizante. Falamos sobre o Secundário II.

Secundário II

Secundário II – A Formação básica profissional na Suíça

Pois bem! A Suíça, oferece aos estudantes uma formação de qualidade, adaptada às suas necessidades e aos desafios do mundo contemporâneo. A escolaridade obrigatória na Suíça é também um reflexo da tradição e da cultura do país, que valoriza a autonomia, a responsabilidade, a cooperação e a inovação.

A LF Consultoria, uma empresa especializada em assessoria migratória para a Suíça Francesa. Podemos ajudá-lo a obter o seu visto, a encontrar um emprego, uma moradia, uma escola, e a se integrar na sociedade suíça. Para mais informações sobre a suíça veja outros artigos em nosso blog, para um atendimento vip entre em contato pelo nosso Whatsapp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leonardo Flores

Leonardo Flores

Professor de francês e português, formado pela Universidade Federal Fluminense, tradutor, jornalista... Trabalho com consultoria para pessoas que queiram imigrar para Genebra.

Post Relacionados:

Como é o Transporte Público na Suíça?

Como é o Transporte Público na Suíça?

O sistema de transporte público na Suíça é conhecido por sua eficiência, pontualidade e ampla rede, que conecta não apenas as grandes cidades, mas também muitas regiões rurais. Aqui estão os aspectos fundamentais do sistema de transporte suíço

Planejamento

Planejamento

Eis que o sonho de imigrar começa a ganhar forma e com isso, os primeiros passos precisam ser dados. É neste momento que ele vem ser materializado com a confecção do passaporte. Assim, imigrar ganha força e para que seja um sucesso, é necessário, planejamento. O que fazer então?

A importância de aprender francês nos dias de hoje

A importância de aprender francês nos dias de hoje

O francês é uma língua que tem muita história, cultura e influência no mundo. É o idioma oficial de 32 países, falado por cerca de 270 milhões de pessoas em cinco continentes. Além disso, é a língua da diplomacia, da arte, da gastronomia e da moda. Mas quais são as vantagens de aprender francês nos dias de hoje? Neste post, vamos mostrar alguns motivos para você se interessar pelo idioma e como começar a estudá-lo.

Guia prático para encontrar e alugar a casa dos seus sonhos em Genebra

Guia prático para encontrar e alugar a casa dos seus sonhos em Genebra

Se você está pensando em se mudar para Genebra, uma das cidades mais importantes e cosmopolitas da Europa, você vai precisar encontrar um lugar para morar. Mas como fazer isso em um mercado imobiliário tão competitivo e caro? Neste post, vamos dar algumas dicas e informações úteis para ajudá-lo a procurar e alugar uma casa em Genebra.

Sistema Educacional Suíço

Sistema Educacional Suíço

A Suíça é conhecida como Confederação Helvética, por isso CH no seu domínio. Como é um país que foi originado da França, a sua moeda é chamada de Franco-Suíço (CHF). Fundado em 01 de agosto de 1291, com seus quatro idiomas nacionais, a Suíça é um país oficialmente multilíngue. Ela é organizada de acordo com um sistema federalista.  Os cantões e o governo comum financiaram 90% dos gastos com educação pelos poderes públicos.

Anúncio de imóvel – REAL ou FAKE – Você sabe identificar?

Anúncio de imóvel – REAL ou FAKE – Você sabe identificar?

Todos nós sabemos que arrendar um imóvel em Genebra e arredores não é nada fácil. A demanda por apartamento é gigantesca e a oferta além de não ser na mesma proporção, ainda se depara com os altos preços e a máfia das empresas de Relocation que cada vez mais toma conta do mercado imobiliário.